v. 69, n. 273 (2009)

50 Anos depois - o Vaticano II na América Latina

O amanhecer deste ano de 2009 nos traz a possibilidade de uma feliz e redonda recordação: 50 anos do anúncio do Concílio Vaticano II, pelo saudoso Papa João XXIII, na Basílica de São Paulo, em Roma, no dia 25 de janeiro de 1959! E o entardecer de 2008 nos possibilitou o agradecimento pela passagem dos 40 anos da realização da II Conferência Geral do Episcopado Latino-americano, em Medellín, na Colômbia, em 1968.

São dois eventos eclesiais importantes, pois sinalizam a autoconsciência da Igreja católica, particularmente latino-americana, nos tempos atuais. E cremos que, nisto, guiada pelo Espírito, ela retorna, com novo vigor, às suas fontes – basicamente a Jesus Cristo – e expressa em nova linguagem sua experiência com Deus. Discerne, assim e sempre de novo, sua missão evangelizadora no contexto da evolução cultural e histórica das pessoas e das sociedades. E, na linha da particularização e a partir de Medellín, traduziu criativamente as grandes intuições do Vat. II para a América Latina, fazendo com que chegassem às pessoas e a circunscrições menores, como famílias e comunidades de fé, sem desconsiderar o movimento inverso: de pessoas, movimentos e comunidades a Medellín e ao Vaticano II. E o mais importante: a inspiração que levou a Medellín e ao Vaticano II, partindo das origens da fé e da missão recebida, é por sua natureza, criativa e permanente. Assim, a Igreja se mantém fiel ao que não passa para ser flexível no que se transforma.

Pareceu-nos bem, pois, destacar, por ocasião dos 50 e 40 anos, os eventos eclesiais acima lembrados. Destaque modesto, significativo porém pela contribuição dos autores que sobre sua atualidade se debruçaram: Agenor Brighenti, Sinivaldo Silva Tavares, Marcelo Barros.

A atualidade da vocação e da missão da Igreja, na tradição dos celebrados eventos, é pensada, em alguns de seus aspectos, por Mário de França Miranda e José de Anchieta Lima Costa.

Não menos importantes, mas partindo de possibilidades que nos são apresentadas por demandas sociais e eclesiais da atualidade, como: o cuidado por nossa Mãe-Terra, os vetores da globalização, a catolicidade da mensagem cristã, o debate em torno da metodologia teológica,especificamentedaTdL,ouseja,abuscadaracionalidadedaféeaentregaconfiante a Deus são temas tratados neste fascículo, cada vez de modo específico, por Antônio Moser, Johan Konings e Solange Maria do Carmo, Ludovico Garmus, José Comblin, Hubert Lepargneur, Boaventura Kloppenburg.

A Redação da REB deseja que esta rica e variada contribuição possa ajudar no discernimento dos caminhos de Deus e na consagração da vida, em Cristo e com Cristo, à causa do Reino de Deus ou da Evangelização, apesar de nossas fraquezas e num contexto social tão cheio de necessidades, desafios e possibilidades.

Elói Dionísio Piva ofm

Redator

Sumário

Expediente
 
PDF
1-2

Artigos

Agenor Brighenti
PDF
5-26
Sinivaldo Silva Tavares
PDF
27-52
José de Anchieta Lima Costa
PDF
53-76
Mário de França Miranda
PDF
77-102
Johan Konings, Solange Maria do Carmo
PDF
103-119
Antônio Moser
PDF
120-142
Ludovico Garmus
PDF
143-161

Comunicados

O evento Vaticano II e sua recepção na Igreja Local. O testemunho de padres conciliares do Brasil
Agenor Brighenti
PDF
162-174
O rosto mais humano da fé. A herança teológica de Medellín 40 anos depois
Marcelo de Barros Souza
PDF
175-180
O silêncio de Deus e a mística
Hubert Lepargneur
PDF
181-187
A concepção virginal de Jesus. Tentativa de esclarecimento
Boaventura Kloppenburg
PDF
188-195
As estranhas acusações de Clodovis Boff
José Comblin
PDF
196-202

Necrologia

Necrologia
 
PDF
203-206

Apreciações

Apreciações
 
PDF
207-243

Novidades Editoriais

Novidades Editoriais
 
PDF
244-245

Pelas Revistas

Pelas Revistas
 
PDF
246-256