Marcos, Lucas e o querigma da salvação universal

  • Johan Konings
  • Solange Maria do Carmo
Palavras-chave: Salvação, Pregação.

Resumo

O querigma apostólico recolhido por Lucas nos discursos querigmáticos, principalmente em Atos 10, não pode ser concebido como mero anúncio da morte (salvadora) e ressurreição de Jesus, mas se configura como narrativa do ministério, ou seja, da pregação do Reino de Deus por Jesus de Nazaré, obra que culminou no dom de sua vida na cruz. Os apóstolos não pregaram apenas uma morte salvífica, mas uma vida salvífica vivida até a morte.

Abstract: The apostolic kerigma collected by Luke in his kerigmatic speeches, particularly in Acts:10, cannot be conceived as a mere announcement of the (delivering) death and resurrection of Jesus, but constitutes a narrative of the ministry, that is, of the preaching about the Kingdom of God by Jesus of Nazareth, work that came to its climax in the gift of his life on the cross. The apostles did not preach only a salvific death, but a salvific life lived until death.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-03-15
Como Citar
Konings, J., & Carmo, S. M. do. (2009). Marcos, Lucas e o querigma da salvação universal. Revista Eclesiástica Brasileira, 69(273), 103-119. https://doi.org/10.29386/reb.v69i273.1373