Relações entre psicologia analítica e o processo formativo do sacerdote católico

  • Maurício Gomes dos Anjos PUC-PR.
Palavras-chave: Processo Formativo, Sacerdócio, Individuação, Discernimento vocacional.

Resumo

O presente trabalho contém algumas considerações a respeito da formação do sacerdote católico e sua ligação com a Psicologia Analítica de Jung. A Igreja católica, atenta a este processo, vem demonstrando uma atenção especial ao discernimento vocacional dos candidatos ao sacerdócio, para que a natureza deste ministério seja vivida de acordo com o sacerdócio de Cristo, que é o modelo do Arquétipo sacerdotal de Melquisedec. O trabalho formativo consiste, em parte, na ativação deste arquétipo, mas também na ajuda necessária para um discernimento e desenvolvimento da integralidade do processo formativo, que, na linguagem de Jung, pode estar ligado ao Self, como eixo integrador das dimensões da formação. Outro caminho se relaciona a Cristo (o Si-mesmo na linguagem analítica), como modelo de sacerdote. E, enfim, existe a relação mais aproximada do processo de individuação, que ocorre de forma progressiva e não tem um fim, pois constantemente cada um é chamado a individuar-se, num contínuo processo de amadurecimento psíquico, espiritual, intelectual e pastoral, exigindo de cada vocacionado revisões constantes em vista de um crescimento pessoal.

Abstract: The present work contains some considerations about the training of Catholic priests and its connection with Jung’s Analytical Psychology. The Catholic Church, careful of this process, has been giving special attention to the vocational discernment of the candidates to priesthood, in order that the nature of the ministry may be lived in accordance with the priesthood of Christ who is the model for Melquisedec’s sacerdotal archetype. The educational work consists partially in the activation of the archetype, but also in the necessary help towards a discernment and development throughout the training process, that, in Jung’s language, may be linked with the Self as the integrating axle of the educational dimensions. Another path is related to Christ (the Oneself in the analytical language) as a model of priesthood. And, finally, there exists a closer relation with a process of individuation that happens progressively and has no end, for each one is constantly asked to individuate himself, in a continuous process of psychic, spiritual, intellectual and pastoral maturation, demanding of each trainee constant revisions in benefit of his personal growth.

Keywords: Educational process. Priesthood. Individuation. Vocational discernment.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maurício Gomes dos Anjos, PUC-PR.

Reitor do Seminário Propedêutico da Arquidiocese de Curitiba, psicólogo, com especialização em Psicologia Analítica, Psicopedagogia e mestrando em Teologia pela PUC-PR.

Referências

AGOSTINHO, Confissões, 13ª ed., Vozes, Petrópolis 1998.

BÍBLIA Sagrada, 71ª ed., Ave Maria, São Paulo 1989.

CNBB, A formação dos presbíteros da Igreja do Brasil – Diretrizes básicas, 2ª ed., Paulinas, São Paulo 2001.

CNBB, Diretrizes para a Formação dos Presbíteros da Igreja no Brasil – texto provisório – em estudo, Brasília 2009.

CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERI-

CANO, Documento de Aparecida: texto conclusivo da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe: 13-31 de maio de 2007, 9ª ed., Paulus, São Paulo 2008.

CONGREGAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO CATÓLICA, Orientações para a utilização das competências psicológicas na admissão e na formação dos candidatos ao sacerdócio, 2008.

COQUET, Michel, Luzes da grande fraternidade branca: os mestres da sabedoria, 2ª ed., Madras, São Paulo 1998.

EDINGER, Edward F., Ego e arquétipo, Cultrix, São Paulo 1992.

FORDHAM, Michael, A criança como indivíduo, Cultrix, São Paulo 2001.

GUGGENBÜHL-CRAIG, Adolf, O abuso do poder na psicoterapia e na medicina, serviço social, sacerdócio e magistério, Paulus, São Paulo 2004.

HALL, James A., A experiência junguiana, Cultrix, São Paulo 1988.

HARADA, Hermógenes, Cristologia e psicologia de C.G. Jung, em: REB 31 (1971) 119-144.

HILLMAN, James, Uma busca interior em psicologia e religião, 4ª ed., Paulus, São Paulo 2004.

HOLLIS, James, Nesta jornada que chamamos vida: vivendo as questões, Paulus, São Paulo 2004.

JAFFE, Lawrence W., A alma celebra, Paulus, São Paulo 2002. JOÃO PAULO II, Exortação Apostólica Pós-Sinodal Pastores Dabo Vobis: Sobre a Formação dos Sacerdotes, 4ª ed., Paulinas, São Paulo 2000.

JUNG, Carl Gustav, Estudos sobre psicologia analítica, Vozes, Petrópolis 1912.

______, A prática da psicoterapia: contribuição ao problema da psicoterapia e a psicologia da transferência, Vozes, Petrópolis1981.

______, Ciência da alma: uma perspectiva junguiana, Paulus, São Paulo 2004.

______, Memories, dreams, reflections, Vintage Books, New York 1989.

______, Os arquétipos e o inconsciente coletivo, Vozes, Petrópolis 1948.

______, Psicologia da religião ocidental e oriental, Vozes, Petrópolis 1988.

______, Psicologia e alquimia, Vozes, Petrópolis 1991.

______, Resposta a Jó, 6ª ed., Vozes, Petrópolis 1986.

______, Tipos psicológicos, Zahar, São Paulo 1967.

MACIEL, Marcial. A Formação Integral do Sacerdote Católico, Loyola, São Paulo 1992.

OLIVEIRA, José Lisboa Moreira de, Qual o sentido da vocação e da missão?, Paulus, São Paulo 2006.

PALMER, Michael, Freud e Jung – sobre a religião, Loyola, São Paulo 2001, p. 181-209.

PAULO VI, Sobre o celibato sacerdotal: carta encíclica aos bispos, aos irmãos no sacerdócio e aos fiéis de todo o mundo católico, Paulinas, São Paulo 1967.

VIER, Frederico (coord.), Compêndio do Vaticano II, Vozes, Petrópolis 1965.

VON FRANZ, Marie-Louise, Psicoterapia, Paulus, São Paulo 1999.

WEISZFLOG, Walter (ed.), Michaelis moderno dicionário da língua portuguesa, Melhoramentos, São Paulo 1975.

Publicado
2013-10-24
Como Citar
Anjos, M. G. dos. (2013). Relações entre psicologia analítica e o processo formativo do sacerdote católico. Revista Eclesiástica Brasileira, 73(290), 409-438. https://doi.org/10.29386/reb.v73i290.657