Um ministro evangélico no Supremo Tribunal Federal: reações sociais e significados

  • Ari Pedro Oro

Resumo

Este texto faz uso metodológico de centenas de reações sociais à iniciativa do presidente Jair Bolsonaro de indicar alguém “terrivelmente evangélico” para uma vaga no Supremo Tribunal Federal, situação que se concretizou com a indicação e posterior nomeação do pastor presbiteriano André Luiz de Almeida Mendonça. Seu objetivo é analisar tanto as referidas reações sociais quanto os significados inscritos na indicação e nomeação de um evangélico na mais alta corte jurídica do país. Argumenta-se no texto que essa indicação representa o coroamento simbólico de uma aliança firmada entre Jair Bolsonaro e a ala evangélica conservadora brasileira.

Abstract: This text makes methodological use of hundreds of social reactions to President Jair Bolsonaro’s initiative to nominate someone “terribly evangelical” for a vacancy in the Federal Supreme Court, a situation that materialized with the indication and subsequent nomination of the Presbyterian pastor Andre Luiz de Almeida Mendonça. Its objective is to analyze both the aforementioned social reactions and the meanings inscribed in the indication and nomination of an evangelical in the highest legal court in the country are analyzed. We argue in the text that this indication represents the symbolic crowning of an alliance signed between Jair Bolsonaro and the Brazilian conservative evangelical wing.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ari Pedro Oro

Professor titular do Programa de Pós-Graduação em Antropologia Social da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, Brasil.

Publicado
2022-07-21
Como Citar
Oro, A. P. (2022). Um ministro evangélico no Supremo Tribunal Federal: reações sociais e significados. Revista Eclesiástica Brasileira, 82(322), 289-309. https://doi.org/10.29386/reb.v82i322.4231