O instante da morte. A hipótese da decisão final (II)

  • Renato Alves de Oliveira Pontifícia Universidade Católica-Minas
Palavras-chave: Vida, Morte, Ser humano, Hipótese, Decisão, Destino eterno

Resumo

Síntese: A hipótese da decisão final reflete sobre o que, possivelmente, transcorreria, no plano metafísico, no instante em que se detecta fisicamente a ocorrência da morte. As origens da hipótese remetem ao período medieval, no século XVI, com a teoria da iluminação final, para a qual, no último instante do status viae ou no primeiro do staus termini, Deus concederia uma graça especial ao ser humano com o objetivo de que tomasse uma decisão final, determinando seu destino eterno (salvação ou perdição). A evolução desta teoria culminou, nos séculos XIX-XX, na hipótese da decisão final que põe o acento reflexivo no instante da própria morte. Para a hipótese, a morte seria um instante de decisividade, consciência, responsabilidade, atemporal e de profunda densidade psicológica e espiritual. No instante pontual da morte, quando a alma se separa do corpo, o ser humano seria capaz de tomar uma decisão final e absoluta. Esta hipótese suscitou muitas reações críticas nos planos metodológico, antropológico e teológico.

Palavras-chave: Vida. Morte. Ser humano. Hipótese. Decisão. Destino eterno.

Abstract: The hypothesis of the final decision reflects on what would possibly occur, on the metaphysical plan, when we physically detect the occurrence of death. The origins of the hypothesis may be traced to the medieval period, to the 16th century’s theory of the final enlightenment. According to this theory, at the last moment of the status viae or at the first of the status termini, God would grant a special grace to Man so that he could make a final decision and thus determine his eternal fate (salvation or perdition). In the 19th and 20th centuries, the evolution of this theory culminated in the hypothesis of the final decision that puts the reflective emphasis on the very moment of death.  In this hypothesis, death would be a moment of decisiveness, awareness, responsibility, timelessness and of deep psychological and spiritual density. At the exact moment of death, when the soul leaves the body, the human being would be able to make a final and absolute decision. This hypothesis has raised many critical reactions in the methodological, anthropological and theological plans.

Keywords: Life. Death. Human being. Hypothesis. Decision. Eternal destiny.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Renato Alves de Oliveira, Pontifícia Universidade Católica-Minas

O Autor é padre da Arquidiocese de Belo Horizonte, doutor em teologia pela Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma e professor adjunto do Departamento de Teologia da PUC-Minas. Desenvolve estudos sobre a morte nos âmbitos cultural, filosófico-teológico e sobre as relações entre antropologia e escatologia cristãs.

Publicado
2016-08-10
Como Citar
Oliveira, R. A. de. (2016). O instante da morte. A hipótese da decisão final (II). Revista Eclesiástica Brasileira, 76(301), 141-157. https://doi.org/10.29386/reb.v76i301.239
Seção
Artigos