Notícias

Edição Atual

v. 81 n. 318 (2021): Teologia e Política

Este número da REB destaca a relação entre Religião e Política. Evidentemente, uma tema-guarda-chuva, que abrigaria não poucas possibilidades de acercamento. Portanto, aqui são apresentadas apenas algumas. Contudo, importantes tanto como articulação de perspectivas teológicas, como exposição de encaixe em circunstância ou acentos culturais da atualidade. Tanto um aspecto quanto o outro, ou seja, tanto a perspectiva religiosa quanto a social, circulam nas vias ou na rede da convivência humana, da sociabilidade, do contexto das relações humanas, da representação e da revelação de Deus. Assuntos específicos e relevantes são trazidas à reflexão e à indicação de diretrizes, como: construção de consciência crítica e ameaça de colonização através de mecanismos virtuais; dignidade da pessoa humana, portadora de direitos e deveres; administração do bem comum dos seres humanos, que se transcendem a si mesmos e apontam para a economia de ser um para o outro; o diálogo e, portanto, o reconhecimento da alteridade entre os seres humanos que se contrapõe às tendências de absolutizações exclusivistas; influência de intelectuais, entre eles, os de ótica religiosa, na construção e administração do bem comum; as chances e os desafios de uma atuação colegial na Igreja, ou mesmo nas igrejas e na sociedade. São janelas aqui apresentadas e que possibilitam uma retomada ou uma introdução no viver em civilização, em sociedade, em cidade, em polis, ou seja, politicamente, com a pergunta subjacente, a partir de que pressupostos, por que e como viver politicamente? Vários autores, a quem agradecemos, são nossos estimuladores neste exercício em função de uma ideal e consciente autonomia relacional: André Luiz Boccato de Almeida, Lúcia Eliza Ferreira da Silva, Mário Roberto de M. Martins, Francisco de Aquino Júnior, Gabriele Cornelli, Alex Gonçalves Pin, José María Siciliani Barraza, Juan Pablo Guacaneme, Fred Maciel, Cristina Satiê de Oliveira Pátaro, Frank Antonio Mezzomo, Sérgio Ricardo Coutinho.

Além destas evocações, mas não delas desconectadas, leitor/a da REB, encontra-se nesse número da REB um reforço para o resgate da eclesiologia de comunhão resgatada pelo Concílio Vaticano II, uma evocação que devemos a Claudemir Rozin, in memoriam, a quem pedimos a Deus a plena participação na grande comunhão eterna.

Em perspectiva latino-americana, miramos para a possibilidade de convocação da VI Conferência do Episcopado Latino-americano, na esperança da reafirmação das grandes linhas da orientação eclesial e pastoral das Conferências anteriores, particularmente a de Aparecida, e da confirmação de novas urgências. Vitor Hugo Mendes nos ajuda, sem descuidar do presente, a acolher o que vem e a planejar para mais adiante.

Agora, e como um preito de agradecimento à visão pluralista e integral de Hans Küng, Renato Kirchner e Maria Liliane Oliveira do Nascimento, resumem o itinerário e o conteúdo do Projeto de Ética Mundial, ideado pelo mesmo Hans Küng, e que continua sendo um estímulo na busca e na articulação da convivência humana a partir de fundamentos comuns.

Cadastre-se – <http://reb.itf.edu.br> – e usufrua da REB on-line.

Elói Dionísio Piva ofm

Redator

Publicado: 2021-04-29

Recensões

Ver Todas as Edições