Sonhos e esperanças de cortesia espiritual: Um desafio para a Igreja Católica no século XXI

Faustino Teixeira

Resumo


Um dos sinais mais significativos de nosso tempo é o pluralismo religioso. A Igreja Católica é hoje convocada a perscrutar este sinal e disponibilizar-se a captar o seu significado mais profundo no desígnio salvífico de Deus. A trajetória recente da Igreja esteve pontuada por ambigüidades a respeito da abertura às religiões. Há o peso de uma dinâmica institucional mais reticente ao tema, mas há também gestos geradores de futuro, que abrem espaços para uma trajetória alternativa. Impõe-se hoje uma nova aproximação às diversas tradições religiosas, que possa estar animada pela cortesia espiritual e pela hospitalidade. Não há possibilidade de um crescimento eclesial cerrado ao desafio imprescindível da abertura ao outro.

Abstract: One of the most significant signs of our time is religious pluralism. Nowadays the Catholic Church is summoned to probe into this sign, and capture its deeper meaning in the saving design of God. The recent trajectory of the Church has been full of ambiguities regarding the opening to other religions. There has been the weight of a more reticent institutional dynamics to the theme, but there have also been future generating gestures, that open spaces for an alternative trajectory. Today it is fundamental to have a new approach to the several religious traditions, encouraged by spiritual courtesy and hospitality. There cannot be an ecclesiastic growth without the indispensable challenge of being open to others.


Palavras-chave


Igreja Católica; Pluralismo Religioso.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.29386/reb.v65i260.1626

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Eclesiástica Brasileira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Instituto Teológico Franciscano
Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil